‘Amazônia’

BRA_ Pescar pirañas en el Amazonas

Pescar piranhas no Amazonas

  A selva amazônica conta com uma incrível diversidade de vida silvestre. Existem, literalmente, centenas de diferentes espécies de aves, anfíbios e mamíferos. Evidentemente, o peixe mais conhecido da Amazônia é a piranha, que goza de uma merecida má reputação, apesar de seu tamanho ser relativamente pequeno. A maioria tem um corpo robusto e estreito, costuma medir de 14 a 26 centímetros de comprimento, embora existam espécies que crescem chegando a ultrapassar os 40 centímetros. Sua cabeça é proeminente, suas mandíbulas são fortes com uma única fila de dentes em cada uma delas. É um peixe agressivo, com um apetite…

shutterstock_164233874

16 imagens que farão com que você queira conhecer o Amazonas

  Se você ainda tinha dúvidas sobre o maravilhoso que pode ser fazer um cruzeiro pelo Amazonas, eis aqui 16 imagens que não deixam ninguém indiferente:   A fascinante selva amazônica, interessantes praias fluviais, vestígios de um passado glorioso e uma deliciosa gastronomia local são algumas das maravilhas que você poderá encontrar em seu cruzeiro. Então, você não vem conferir?   “IBEROSTAR Hotels & Resorts conta com um barco hotel de 5 estrelas em regime de Tudo Incluído em Manaus: o hotel IBEROSTAR Grand Amazon, que faz escala em diferentes pontos da selva amazônica para realizar excursões em pequenos barcos…

As praias fluviais de Manaus

  A capital do Amazonas fica bastante longe do oceano, no entanto, o que poucos sabem é que Manaus possui belas praias fluviais. Durante a estação seca, aproximadamente de junho a setembro, as águas retrocedem revelando exóticas praias cercadas pela imponente selva tropical do Amazonas, que também dispõe de outras praias para desfrutar durante todo o ano, embora a extensão seja menor durante a estação chuvosa. Em qualquer uma delas é possível tomar sol, relaxar e nadar com segurança, pois não existem criaturas marinhas perigosas! · Um dos lugares mais conhecidos da cidade de Manaus é a praia de águas…

O deserto que se inunda

E todos perguntarão: como pode haver um deserto no Brasil, uma das zonas mais úmidas do mundo? Como diria Dom Quixote: Cosas veredes amigo Sancho (Coisas inacreditáveis verás, amigo Sancho!). O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no estado do Maranhão, não é uma miragem, mas sim uma extensão de uns 300 quilômetros quadrados de dunas brancas e lagoas que poderiam ser definidas como uma das áreas mais fascinantes do mundo. Cercado por grandes mangues, berço de espécies marinhas como amêijoas e caranguejos e refúgio de pássaros (de fato, a região é uma das melhores para o avistamento de pássaros), as…

Boi-bumbá, o famoso festival de Parintins

No coração da Amazônia brasileira fica sua capital, a cidade de Manaus, porta de entrada para a Amazônia brasileira, uma gigantesca reserva com mais de 4.000 quilômetros quadrados, que abrange nove estados brasileiros e onde se situa a maioria dos quase 210 povos indígenas do país. Manaus é um destino perfeito para os praticantes do ecoturismo, pois conta com importantes parques e reservas ecológicas. O turista tem a possibilidade de poder observar animais típicos da região, como o peixe-boi-amazônico além de diversas espécies de araras. Mas se estivermos em Manaus durante o mês de junho não devemos deixar de fazer…

Por que todo o mundo se apaixona pelo Brasil?

Você vai ver. É inevitável. Depois de visitar o Brasil – qualquer recanto do país – a gente já não consegue se livrar da vontade de sempre querer voltar. Razões? Aqui as relacionamos: · Pelas diferentes possibilidades que o destino oferece. · Por suas maravilhosas praias de cartão-postal. · Porque sempre vão recebê-lo com os braços abertos. · Por suas paisagens. · Porque mesmo que você for 100 vezes, sempre descobrirá algo novo que ainda não conhecia. · Por sua música e seu baile. Samba, forró funk ou axé. · Por sua vida selvagem e biodiversidade. O Amazonas. Pantanal. ·…

Curiosidades sobre o Brasil que com certeza você não conhece

· O nome do país, Brasil, provém de uma árvore nativa que há séculos povoava as costas do país, o pau-brasil. A resina natural vermelha de sua madeira que lembrava a cor da brasa, e deu origem ao nome do país. · O termo Carioca é utilizado unicamente para pessoas nativas da cidade do Rio de Janeiro, utilizá-lo para se referir ao país inteiro é incorreto. · Oferecer um cafezinho é um gesto de cortesia e hospitalidade para com o visitante, é uma forma de dar as boas-vindas. O cafezinho é um café do tamanho de um expresso que se…

BRA_Un magnífico desierto de dunas blancas y lagunas

Um magnífico deserto de dunas brancas e lagoas

Os Lençóis Maranhenses são, sem dúvida alguma, um dos lugares mais maravilhosos do Brasil. Se juntarmos sua indiscutível beleza com o fato de que o turismo de massa ainda não chegou à região, temos o destino perfeito. o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no estado do Maranhão, é uma extensão de uns 300 quilômetros quadrados de dunas brancas e lagoas que poderia ser definido como um dos lugares mais fascinantes do mundo. Compreendem uma faixa de dunas que se estende da costa, por cerca de cinquenta quilômetros, rumo ao interior formando um lençol de areia completamente branca a partir do…

O sal da terra

O cineasta Wim Wenders filmou o documentário O Sal da Terra (The Salt of the earth), um longa-metragem sobre a vida e a obra do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado (Aimorés, Minas Gerais. 1944). Nos anos 70, Sebastião Salgado era um economista que concluía sua tese em Paris e trabalhava para a Organização Internacional do Café em diferentes projetos junto ao Banco Mundial. Até que tomou uma decisão radical na vida: abandonar tudo para se dedicar à fotografia. Começava a lenda do grande fotógrafo social. A partir de então, com sua câmera, fotografou o melhor e o pior do planeta e…

Descobrindo os segredos do Amazonas

O que você espera encontrar em um cruzeiro que percorre o rio Amazonas? Uma experiência que possibilitará conhecer um dos poucos lugares do mundo em que é possível viver isolado, e onde a Natureza manda acima de tudo. Ali as demais coisas são insignificantes! O Amazonas nasce na serra peruana, braço dos Andes, a mais de 3.000 metros de altura. Chega até Nauta e Iquitos depois de driblar alturas e delinear um mapa repleto de meandros ziguezagueantes, enquanto muda de nome: Lloqueta, Apurímac, Ene, Tambo, Ucayali, Marañón e Amazonas. Percorrer estes rios, que formam a maior bacia fluvial do planeta…