MED_CadaIslaCAboVErde

As ilhas de Cabo Verde, situadas em frente das costas de Senegal, são uma autêntica viagem em si mesmas pela diversidade de paisagens naturais ou urbanas que você poderá encontrar. Cabo Verde é um destino para qualquer um porque simplesmente é possível “não fazer nada” ou “fazer de tudo”, mas sempre desfrutando ao máximo. O país é formado por inúmeras ilhas: Ilha de Santo Antão, Ilha de São Vicente, Ilha de São Nicolau, Ilha do Sal, Ilha da Boavista, Ilha do Maio, Ilha de Santiago, Ilha do Fogo e Ilha Brava. Durante os séculos XVIII e XIX foi o maior centro de comércio de escravos de Portugal, sendo parada obrigatória para todas as embarcações antes de atravessarem o Oceano Atlântico rumo às colônias do Novo Mundo.

De origem vulcânica e acariciada pelos ventos alísios, suas costas permanecem virgens e suas praias imaculadas. A ilha da Boavista, talvez a mais bonita, é um autêntico remanso de paz onde você poderá viver uma experiência em plena harmonia com a natureza, contemplar grandes cetáceos, assistir à desova das grandes tartarugas marinhas ou simplesmente refrescar-se nas águas mais cristalinas de todo o planeta. A Ilha do Sal é o primeiro destino desse arquipélago, uma vez que conta com aeroporto internacional e muitos estabelecimentos turísticos, no entanto, essa ilha tem pouco de verde e exuberante: é um deserto praticamente plano, que se desenvolveu no início do século XIX, quando começou a exportar sal em grande escala. Santa Maria é sua cidade mais turística, repleta de casas pintadas de cores vivas que contrastam com a aridez dessa região, seus oito quilômetros de praia de areia branca e águas transparentes fazem com que seja o lugar ideal para muitos visitantes.

A grande maioria dos cabo-verdianos vive na Ilha de Santiago, a maior de todas, com 55 quilômetros de comprimento e 29 de largura. Essa foi a primeira ilha em ser povoada pelos colonos portugueses em 1462, sendo considerada a mais africana do conjunto. Em seu interior montanhoso (conta com o pico mais alto, o denominado Pico da Antônia que tem 1.392 metros) se encontram alguns vales exuberantes cheios de vegetação que contrastam com a aridez e a planície.

A mais conhecida de todas as ilhas é São Vicente, cheia de vida e com uma grande quantidade de atividades culturais (festival de teatro, de música, carnaval…), que se realiza praticamente durante todo o ano. Sua capital, Mindelo, é a cidade mais cosmopolita e agitada do arquipélago, com uma vida noturna considerável e uma oferta de lazer que não fica nada a dever a várias capitais europeias. A principal atração da ilha de Santo Antão, a mais verde do arquipélago, são as caminhadas na área das ribeiras, que abrangem os acidentados vales da parte oriental, perto da Ribeira Grande ou na região que vai do Porto Novo até a Ribeira Grande.

 

Cabo Verde nem é um cabo nem é verde. Composta por dez ilhas, no meio do Atlântico, que são um verdadeiro paraíso a ser descoberto onde o turismo de massa ainda não chegou. O que você espera para conhecê-la?

 

 

“Os resorts e hotéis da IBEROSTAR Hotels & Resorts, em Cabo Verde, colocam à disposição do cliente as melhores instalações com um serviço esmerado, nos mínimos detalhes, para que você possa desfrutar de suas férias em Cabo Verde com todo o encanto desse arquipélago em um espaço íntimo e exclusivo.”