MED_cidade_velha

O povoado de Ribeira Grande, atualmente conhecido como Cidade Velha, foi o primeiro vilarejo fundado no arquipélago de Cabo Verde, em 1462 por Antônio da Noli. Sua localização estratégica conseguiu convertê-lo em um lugar de parada obrigatória nas viagens ao novo continente, entre elas, a terceira de Cristóvão Colombo às Américas em 1498 e a de Vasco de Gama rumo às Índias em 1497, sendo suficientes poucos anos para que se convertesse no centro do comércio de escravos que provinham de Guiné-Bissau e de Sierra Leoa. Pouco menos de um século após sua fundação tornou-se cidade, assim como começou a construção de grandes edifícios, entre os quais se encontra a Catedral da Sé, concluída em 1693.

Mas sua posição estratégica e seu apogeu também converteriam a localidade em um alvo perfeito para os piratas e ladrões que, durante anos se dedicaram ao seu saqueio até levá-la à sua destruição quase total. A cidade era perfeitamente defensível de seus ataques por mar, mas tinha um defeito estratégico importante: a poucos quilômetros dali se encontrava Praia, um porto fácil de atracar, que permitia as incursões pela parte de trás da cidade. Assim, no final do século XVI, o corsário inglês Francis Drake saqueou a cidade em um ataque devastador, motivando a construção do Forte Real de São Filipe para protegê-la e evitar mais ataques. No entanto, essa construção foi totalmente ineficaz uma vez que, em 1712, o pirata francês Jaques Cassart conseguiu deixá-la praticamente em ruínas acabando com a cidade.

Durante anos a localidade sobreviveu perdendo toda a glória de outrora até que, no ano de 2000, devido à sua importância histórica e suas ricas tradições, começaram os trabalhos de preparação para sua candidatura a Patrimônio da Humanidade da UNESCO. Trabalhos que acabaram dando seus frutos, pois no dia 10 de junho de 2009 foi catalogada como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo, e no dia 26 de junho do mesmo ano, conseguiu ser declarada como Patrimônio da Humanidade.

Entre os abundantes restos arquitetônicos da cidade se encontra, na Rua Banana, a primeira via urbanizada pelos portugueses nos trópicos, a igreja da Nossa Senhora do Rosário, a igreja colonial mais antiga do mundo, de estilo manuelino (correspondente ao gótico português). Também se destacam a Catedral da Sé, que foi destruída quase completamente no ataque de 1712, o Forte Real de São Filipe, que defendia a localidade a partir de uma altura de 120 metros, e o Convento de São Francisco, um disputado lugar de culto que também foi parcialmente destruído pelo pirata Jaques Cassart.

Cidade Velha é, sem dúvida, um lugar fascinante para qualquer viajante que se sinta atraído pela história, além de ter uma grande importância para conhecer o desenvolvimento do mundo ocidental tal como o conhecemos.

 

“Os resorts e hotéis em Cabo Verde da IBEROSTAR Hotels & Resorts colocam à disposição do cliente as melhores instalações, além de serviços esmerados para desfrutar de umas férias em Cabo Verde com todo o encanto deste arquipélago em um espaço íntimo e exclusivo.”