CAR_10 consejos para viajar a Cuba

A ilha de Cuba está na moda. E com razão! Os últimos acontecimentos políticos tornam a ideia de viajar para esta grande ilha ainda mais atrativa, por isso vamos enumerar aqui algumas dicas para que sua viagem a Cuba seja perfeita.

· Tomadas: em Cuba seguem o padrão norte-americano com dois pinos chatos. No entanto, em algumas das cadeias hoteleiras mais importantes contam com tomadas de tipo europeu, por isso, a melhor coisa para não ter problemas é levar um adaptador universal de tomadas.

· Inclua uma caixa de primeiros socorros em sua bagagem: se você for viajar pela ilha, não se limitando a Havana e/ou Varadero, não se esqueça de colocar em sua mala ou mochila tudo aquilo que for necessário, tal como uma boa caixa de primeiros socorros, pois pode ser muito difícil até mesmo comprar uma simples escova de dentes.

· Celular: como a Internet deixa muito a desejar (desative o roaming de dados em Cuba, é inútil mantê-lo, além disso você terá que pagar uma pequena fortuna caso o utilize), a melhor opção é utilizar um celular pré-pago com uma operadora de seu país de origem (também é possível com uma operadora local), assim sua família ficará sossegada com uma simples chamada ou envio de um torpedo (sms).

· Os pitorescos carros dos anos 50: ver passar os carros antigos da década dos 50 é incrível, mas… leve em conta que não dispõe de cinto de segurança, nem ar condicionado, as janelas costumam estar quebradas, o motor solta fumaça e as portas se abrem de repente quando o veículo está em movimento. ;-)

· Os melhores locais turísticos de Havana: as melhores atrações turísticas de Havana incluem um passeio pelo Malecón, Havana Velha, a Finca La Vigía de Hemingway e o Museu da Revolução, onde fazem zombaria de Ronald Reagan e dos ex-presidentes Bush. O Museu Nacional de Belas Artes tem uma coleção impressionante que vai das fotos coloniais até a arte pop do século XX.

· O transporte na ilha: algo bastante complicado! As redes ferroviárias são praticamente inexistentes ou muito antigas, os ônibus para turistas (Viazul) escassos (sem falar dos horários!). Dispõem de táxis compartilhados onde várias pessoas combinam ir de um ponto a outro dividindo gastos. Mas sempre pergunte diretamente ao taxista, porque nas ruas também há os “gerenciadores de viagens” que vão querer negociar os preços com você e podem colocá-lo em uma situação bastante complicada…

· O Tropicana vale a pena? O espetáculo do Tropicana figura em muitas das listas top de Havana. Se você acha divertido gastar quase cem dólares para ver dançarinas vestidas com lantejoulas e enormes enfeites na cabeça não deixe de ir! Caso contrário, procure dar uma olhada no panorama musical de Havana na Casa da Música, é outra coisa!

· A água sempre engarrafada: em questões de higiene, como em muitos outros países, deve ter cuidado sobretudo se for comer nas bancas de rua ou se for a algum paladar (pequenos restaurantes de comida caseira). Porém, tudo está adaptado e pensado para os tão desejados turistas. No entanto, sempre convém comprar água mineral (ou tomar água filtrada) se não quiser ter alguma surpresa desagradável (tenha atenção com as pedras de gelo, refrescos e coquetéis!)

· O clima: Cuba conta com 2 estações: a seca (de novembro a abril) e a chuvosa (de maio a outubro). Assegure-se bem do tipo de viagem que você vai fazer. Caso pretenda fazer uma viagem de sol e praia, considere que a possibilidade de pancadas existe e que poderia estragar suas férias. Normalmente a chuvas da época úmida são trombas d’água tropicais que, após umas duas horas, param e volta a sair o sol, mas nem sempre é assim. Também há alguns furacões que passam pela ilha e tempestades tropicais que acabam prolongando a duração das precipitações. Se você viajar em época de aguaceiros, leve uma capa de chuva.

 

 

 

A IBEROSTAR Hotels & Resorts conta com um grande número de hotéis distribuídos por várias regiões da ilha de Cuba. Desde os destinos mais conhecidos, como Varadero, até regiões menos turísticas mas igualmente atraentes, como Trinidad ou Havana, sua majestosa capital. Os arredores desses hotéis são espetaculares, com praias de areia dourada finíssima, regiões repletas de natureza e edifícios muito significativos da história de Cuba.”