Green turtle underwater on a coral. Sipadan. Celebes sea

A cidade de Salvador, no estado da Bahia, tem uma história e uma cultura muito ricas que podem ser admiradas em sua arquitetura, artesanato e gastronomia típica, além de uma grande beleza natural por causa, entre outros fatores, de suas águas tranquilas e transparentes. Os amantes do mergulho poderão observar, em suas águas claras e sempre quentes, que o mar da região alberga uma grande quantidade de naufrágios, assim como uma variada vida marinha.

O Banco da Panela é considerado um sítio arqueológico em virtude da grande quantidade de naufrágios ocorridos no decorrer das batalhas do século XVII. Está localizado na entrada do porto de Salvador, a 200 metros do Forte de São Marcelo. Aqui as profundidades variam entre cinco e 18 metros. Outro ponto interessante é a Beirada do Badejo, onde há um declive do solo submarino que é habitado diversas espécies e uma grande variedade de corais. A profundidade oscila entre os 10 e 15 metros. Mais no fundo, a uns 50 km a sudeste do Porto da Barra, a profundidade alcança os mil metros. Muitos peixes grandes e águas cristalinas são os atrativos deste ponto, no entanto é aconselhável unicamente aos mergulhadores com muita experiência.

Caramuanas é considerado um dos melhores pontos para mergulhar próximos de Salvador. Nessa zona existem grandes formações de corais a uma profundidade que varia entre 2 e 30 metros. Está localizado a 40 minutos de barco zarpando da Ilha da Itaparica.

Quebra-Mar Norte como o seu próprio nome diz trata-se de um quebra-mar construído com a intenção de proteger o porto da cidade. Este recife artificial tornou-se com o passar dos anos um excelente ponto de mergulho. Em toda a sua extensão podemos observar corais, esponjas do mar, peixes-papagaio, camarões-palhaço, cavalo-marinho e muitas outras espécies marinhas. Durante a noite há lagostas, lulas, peixes trombeta e o simpático peixe-cofre. A profundidade é de 2 m e a visibilidade oscila entre 5 e 10 metros. Já no Quebra-Mar Sul a profundidade situa-se entre 5 e 12 metros, o que permite mergulhar em ambos os lados do muro. No lado do mar há um fundo de areia, enquanto na parte que fica na costa, há um fundo de barro que está abrigado das correntes e das ondas. Nesse ponto observam-se diversas formações de corais, esponjas e muitos peixes.

Paredes são formações rochosas cobertas de corais e paralelas ao Canal da Baía de Todos os Santos. A profundidade varia entre 20 e 60 metros. Os platôs têm cerca de 20 m e servem para fundear diversas embarcações. A extensão das paredes é imensa, tanto é que constantemente são descobertos novos pontos interessantes para explorar. Nas paredes há vida abundante e os peixes têm um bom tamanho.

Vocês não querem vir a Salvador para mergulhar?

 

“A IBEROSTAR Hotels & Resorts conta com 2 complexos de férias 5 estrelas com regime Tudo Incluído em Salvador, no estado da Bahia: o hotel IBEROSTAR Praia do Forte e o hotel IBEROSTAR BahíaAmbos os hotéis permitem que o visitante passe umas férias perfeitas no Brasil em um belo cenário natural.”