MED_El placer purificador de los baños árabes

A necessidade de purificação ritual antes da oração e a frequência à mesma, torna a cultura islâmica uma das mais ligadas à higiene corporal. A cultura termal na Tunísia tem por volta de 2 mil anos e é impulsionada desde a época romana, quando as águas termais eram cultuadas, consideradas uma arte de cura e uma arte de viver que chegou até os nossos dias.

O Hammam, também conhecido como banho árabe ou banho turco, é uma modalidade de banho de vapor que inclui limpar o corpo e ao mesmo tempo relaxar. Também eram denominados assim os edifícios onde esses banhos se encontravam e cuja estrutura respondia às diferentes salas que o processo de banho necessita.

Na realidade, o processo de tomar um banho turco é uma variedade úmida de uma sauna, embora esteja mais relacionado com as práticas de banho dos romanos. Tomar um banho turco ou hammam primeiro exige relaxar em uma das salas, conhecida como sala morna (tepidário), aquecida com um fluxo contínuo de ar quente que permite que o banhista respire livremente. Logo se passa a uma sala mais quente, conhecida como sala quente (caldário), justamente antes de mergulhar em uma piscina gelada (frigidário). Depois de ter lavado completamente o corpo e receber uma massagem; finalmente se retiram à sala de esfriamento para um período de relaxamento.

O segredo é o sabão preto ou Beldi, feito de azeite de oliva de azeitonas pretas e com importantes propriedades esfoliantes naturais. O Beldi deve ser aplicado generosamente sobre o corpo, se deixa atuar uns 10 minutos e a pele já está preparada para uma esfoliação intensa com as luvas pretas ou kassa.

Não é habitual encontrar hammams públicos mistos no oriente próximo. Os maiores dispõem de entradas e salas separadas para homens e mulheres, alguns atendem exclusivamente um ou outro sexo. Muitas vezes os hammams têm dias da semana destinados aos homens e outros dias destinados especificamente às mulheres.

Mas sobretudo, quando você entrar em um hammam relaxe e desfrute. É uma experiência única.

No Marrocos: Se o que você deseja é reviver o espírito de “As Mil e uma Noites” e mergulhar em um ambiente ao melhor estilo marroquino, a melhor opção é visitar o reconhecido Hammam SPA Mille & Une Nuits em Marrakech.

Na Tunísia: Na Tunísia lhe recomendamos o Hammam El Kachachine que se encontra em pleno coração da medina, no souk (mercado) dos livreiros. É facilmente reconhecível porque tem uma porta pintada com listras pretas, verdes e vermelhas. É um dos banhos turcos mais famosos e antigos da cidade.

 

“Os hotéis da IBEROSTAR Hotels & Resorts na Tunísia e no Marrocos levam o turista a viver experiências únicas durante suas férias nestes países. A excelente localização dos hotéis IBEROSTAR constitui a melhor oportunidade de conhecer em profundidade o Marrocos e a Tunísia, assim como desfrutar ao máximo de sua cultura e beleza natural.”