MED_Túnez

A Tunísia é um país hospitaleiro onde em cada esquina vocês poderão encontrar pessoas que não poupam cuidados com o visitante. Suas raízes berberes são as culpadas de que saibam que uma boa xícara de chá seja reconfortante e alivie até o viajante mais cansado. Mas, além disso, a Tunísia tem excelentes praias de areias brancas e águas transparentes, clima moderado, verdes vales com abundantes flores, encantadores oásis com refrescantes palmeirais, dunas douradas, deliciosas tâmaras, artesanato cativante e excitantes travessias por um incomensurável deserto no qual é possível sentir o silêncio mais absoluto.

Não há uma cidade árabe que não tenha pelo menos uma mesquita, uns banhos públicos e um souk. Estes três elementos constituem o núcleo da vida na Tunísia. O souk, que costuma estar dividido em seções segundo os diferentes grupos artesanais, concentra-se sobretudo ao redor da mesquita, ramificando-se por todas as ruelas e pátios adjacentes. Os banhos ou Hammams, conhecidos também como banhos turcos, são outro dos traços mais característicos da Tunísia.

Às portas do deserto, a Tunísia meridional está envolvida em terras ocres e areias douradas das quais surgem povoados fortificados e pendurados em ladeiras montanhosas, magníficos em seu esplendor passado. Um oceano de dunas de tons rosados e alaranjados se estende até que se perde de vista no horizonte, onde se afunda lentamente um enorme sol avermelhado. Ali, na ondulação das ondas arenosas de sombras crescentes, quase como fantoches da sombra, a silhueta de uma caravana de dromedários revela a única presença de vida neste universo mineral.

Como se fosse a proa de um navio, a Tunísia se abre passagem no Mediterrâneo no extremo norte da África. Rodeado de praias em cujas margens foram levantadas urbanizações dedicadas ao turismo e às férias, o litoral tunisiano oferece um marco agradável e variado para o relax, a diversão com os amigos e para se desconectar. Famosas são as costas de Djerba, com seus 125 km. E as de Hammamed, centro turístico da Tunísia por excelência e que conta com um porto esportivo, dois campos de golfe e duas medinas.

É possível querer mais?

 

Não percam: o melhor peixe da baía é servido no restaurante Le Barberousse. Um restaurante muito agradável na parte alta da muralha da medina de Hammamet. As vistas para a baía são espetaculares.  O atendimento é impecável e a qualidade e frescor de seus peixes e frutos do mar são indiscutíveis.

 

“Os hotéis IBEROSTAR Hotels & Resorts na Tunísia oferecem tanto umas férias tranquilas junto ao Saara como aventuras, sempre com o maior conforto e os serviços mais completos para que o cliente desfrute ao máximo a sua estadia na Tunísia.”