As cataratas do Iguaçu se encontram no parque nacional do Iguaçu, no extremo Noroeste da Argentina e na fronteira com o Brasil. Ao redor das belas cataratas do Iguaçu giram histórias de ambição e poder, fruto da imaginação que cria o viajante quando se adentra nelas. Pouco antes de vê-las, já se ouve seu murmúrio, com todo o bater violento das águas que se vai fazendo cada vez mais e mais forte.

As cataratas fazem fronteira com a Argentina e o Brasil e se encontram a poucos quilômetros da Tripla Fronteira com o Paraguai, do lado argentino a cidade se chama Porto Iguaçu e do brasileiro é Foz do Iguaçu. É sabido que a Argentina tem as Cataratas do Iguaçu e o Brasil as vistas ou, como reza um ditado popular, que no espetáculo das Cataratas, do lado argentino se encontra o cenário e do brasileiro a privilegiada platéia.

O certo é que, seja do lado que seja, as cataratas são maravilhosas e compartilham tudo, as águas do rio Iguaçu que ao se aproximarem à sua confluência com o rio Paraná formam este grande sistema de cataratas, sua fauna: jacarés, sucuris, jibóias, macacos sauá, quatis, o tucano grande entre as cinco espécies que se encontram e coloridas borboletas amarelas com pintinhas pretas que assombram os visitantes, e a flora, com o palmito, o jacarandá e esse aroma a terra molhada e flores doces que impregnam tudo.

Se você quer curtir uma vista ainda mais impressionante, deve ir às pontes de madeira à beira das cataratas ou aos barcos de borracha, onde as vistas são ainda mais incríveis. Mas a melhor vista é aquela admirada do ar, com um passeio de helicóptero por este paraíso natural no Brasil.

As cataratas do Iguaçu são as mais largas do mundo. Oferecem um dos espetáculos mais incríveis da natureza. O Iguaçu desaba em um grande precipício de três quilômetros de largura, algo difícil de ser repetido em qualquer lugar do planeta. Alguns as comparam com as cataratas do Niágara, algo que não tem sentido, já que as cataratas do Iguaçu são quase duas vezes mais altas e quatro vezes mais largas do que aquelas.

Após as cataratas do Iguaçu, o rio se desmorona e se encaixa entre os barrancos onde corre para se unir com o rio Paraná, a 20 quilômetros de distância corrente abaixo. Ao cair, a água se choca com o fundo e se pulveriza em forma de uma nuvem que sobe ao céu e que cai suavemente sobre aqueles que caminham sobre as vias que rodeiam a catarata, e que vaporiza os bosques de bambu, as orquídeas e as belas árvores tropicais.

O que vocês estão esperando para ver em ação as cataratas mais belas do planeta?

 

“O Brasil esconde um sem fim de tesouros naturais e culturais preparados para serem descobertos. Os hotéis no Brasil de IBEROSTAR Hotels & Resorts levam vocês a viver as emoções mais irresistíveis durante as suas férias no Brasil”