País aberto e hospitaleiro, a Tunísia apresenta uma verdadeira mistura onde as culturas berbere, árabe, africana e européia foram conjugadas para formar uma identidade cultural única em seu gênero.
A grande maioria da população é muçulmana e a religião oficial do país é o Islã sunita, no entanto, as comunidades judias e cristãs praticam livremente seus cultos e contribuem para enriquecer a diversidade cultural do país.

Ao contrário do que muita gente pode pensar a Tunísia não é somente sol e praias paradisíacas, para dizer a verdade esconde muitas maravilhas em seus povoados mais tradicionais.

No entanto, suas praias são esplêndidas, uma viagem à Tunísia deve incluir uma parada à beira-mar. As praias de Hammamet são as mais conhecidas, destacam-se pela sua limpeza, sua areia fina, suas águas cristalinas e temperatura agradável. As praias da Ilha de Djerba também são muito apreciadas. Situada a leste da capital, suas praias são perfeitas, além de ser um enclave ideal para a prática do mergulho.

Mas além das praias, a Tunísia também nos oferece cultura, tradição e muitos monumentos. Vocês não devem deixar de visitar o coliseu romano de El Jem, construído há mais de 1700 anos tinha capacidade para albergar mais de 40 mil pessoas! As ruínas da antiga cidade de Sbeitla são consideradas, depois do coliseu de El Jem, o legado romano mais importante da Tunísia. Alguns de seus templos estão completamente conservados apesar da passagem dos anos. As ruínas da antiga cidade de Cartago também é outro dos centros arqueológicos que vale a pena visitar.
Apesar de a maior parte das edificações, que faziam parte de tal complexo, estar deteriorada pelo tempo, é uma visita que vale a pena.

Também é muito interessante fazer uma visita à cidade sagrada de Kairouan, declarada patrimônio da Humanidade pela UNESCO, foi fundada pelos conquistadores árabes, no século VII, e sua importância para o povo islâmico é similar à conferida à Meca e Jerusalém. Sabe-se que a Grande Mesquita, cuja estrutura data da fundação de Kairouan, é considerada uma das relíquias religiosas mais significativas. Os labirintos de Tamezret também são bastante curiosos. Tamezret é uma localidade situada perto do árido Deserto do Saara que desperta grande interesse por causa de suas labirínticas ruas e praças. Além disso, é uma das últimas localidades do norte da África onde ainda se fala o antigo idioma berbere. O povoado de Douz é a porta de entrada do Saara.  O encanto de Douz radica na enorme porta branca situada em uma de suas ruas principais e que, ao mesmo tempo, separa a vida da comunidade da aridez do deserto. Alberga também um dos maiores oásis do sul da Tunísia. Outro oásis que vale a pena visitar é o de Tozeur, o maior de toda a Tunísia e com uma grande atividade turística ou o de Nefta, considerado o mais bonito do país, este oásis encontra-se situado perto do lago de sal, Chott El Djerid, o qual pode ser vislumbrado no horizonte como um mar branco e infinito.

Vocês também não devem se esquecer de percorrer os mercados ou souks distribuídos por todos os povoados e cidades do país, tais como os da cidade de Sfax, o melhor lugar para fazer compras de toda a Tunísia, entre outras coisas, por seus preços são mais do que acessíveis.

Tudo isto e muito mais nos oferece este exótico e belo país que fica tão pertinho. Mas vocês vão limitar-se a ficar somente com suas paradisíacas praias? Eu, com certeza não!

 

“Os hotéis da IBEROSTAR Hotels & Resorts, na Tunísia, levam o turista a viver  experiências únicas durante suas férias neste país. A excelente localização dos hotéis IBEROSTAR em Djerba, Hammamet, Mahdia, Sousse, Zarzis e Tozeur constitui a melhor oportunidade para conhecer em profundidade um país de grande cultura e beleza natural.”