Quando pensamos em Málaga, o que nos vem à cabeça? Praia, sol, relax, quiosques, pescaíto frito… Mas há muito mais para ser descoberto. Quem sabia bem disso era Pablo Picasso, natural desta cidade e à qual tanta fama trouxe mundialmente. Seu reconhecimento como pintor e escultor o precede em todo o mundo, após seu período na França. Por isso, a viúva de seu filho mais velho quis devolver à cidade de Málaga a importância que merecia, dotando-a do Museu Picasso, inaugurado em 2003. É apenas um dos seis museus que existem na Espanha dedicados ao pintor, mas conta com 285 obras, tanto pictóricas como escultóricas. Em seu terraço-jardim podemos tomar um café depois de ter percorrido o museu, um lugar belo e privilegiado em pleno centro da cidade, onde se ouve um silêncio absoluto entre tanto burburinho. Muito recomendável!

Outro lugar que devemos descobrir devido à sua espetacularidade é o Museu Automobilístico, situado no antigo complexo de 1927, conhecido como a antiga Tabaqueira, que foi reformada recentemente para se transformar neste fantástico museu. Possui mais de 90 veículos que ilustram a evolução do mundo automobilístico ao longo de três séculos. Também podemos desfrutar de uma ampla e incrível galeria de motores decorados e de uma mostra de moda, onde se incluem vestidos com mais de 300 chapéus de alta costura de época.

A Alcazaba da cidade de Málaga é outro lugar de interesse que muita gente que visita a cidade não conhece. Trata-se de uma antiga fortificação palaciana muçulmana, de grande beleza, situada aos pés da montanha de Gibralfaro, que recebe esse nome por causa do Castelo que se ergue no ponto mais alto. Nesta fortificação temos a oportunidade de poder desfrutar de uma vista panorâmica de toda a cidade.

Para terminar de conhecer a cidade a fundo, não podemos deixar de ver o Teatro Romano, ao pé da Alcazaba,  e o Museu Carmen Thyssen, antigo Palácio de Villalón, onde encontramos uma grande coleção da mesma proprietária. Depois destas várias visitas, agora sim merecemos ir a um quiosque para degustar um bom “pescaíto” frito e um refresco para concluir o dia. Vocês não vêm?